domingo, 22 de agosto de 2010

Botulismo - cuidado ao ingerir Palmito de procedência duvidosa

O botulismo é uma doença causada por bactérias (espécie = Clostridium botulinum), provocando intoxicação por meio de substâncias que agem sobre o sistema nervoso de pessoas contaminadas, interrompendo o mecanismo de condução dos impulsos neuronais entre o neurônio motor e os músculos.
O contágio ocorre através do consumo de alimentos contaminados por bactérias ou esporos de bactérias, ocasionada pela ingestão de mantimentos mal higienizados, geralmente produtos de origem caseira (conservas artesanais inadequadamente preparadas e acondicionadas como palmitos), ou produtos alimentícios industrializados (os enlatados), apresentando: aspecto visual (cor diferente da aparência comum), cheiro e sabor alterados, bem como embalagens danificadas, propiciando a contaminação e proliferação dos microorganismos patogênicos.
Entre os principais sintomas observados, estão: náusea, seguida de indisposição muscular contínua e repentina tremulação dos membros superiores, podendo este quadro clínico evoluir, agravando-se de tal forma a causar uma parada respiratória em face da disfunção na distensão da cavidade torácica, com implicação das trocas gasosas. É aconselhável, mesmo antes da acentuação dos sintomas, procurar de imediato um centro de referência especializado em infectologia.
A toxina botulínica (Botox) é usada em pequenas doses, como tratamento cosmético temporário, porém seus riscos não devem ser ignorados. A sua intensa capacidade paralítica é desejada por individuos que procuram esconder as suas rugas (as rugas são causadas por contrações musculares) e outras imperfeições faciais.

Clostridium botulinum

Nenhum comentário:

Postar um comentário